Plantão 24Hs: (041) 3336-7043 9935-9692 9131-7639

Holanda é o primeiro país do mundo sem cachorros abandonados nas ruas, e sem sacrifícios de inocentes.

11/07/2016

admin

Holanda, é um país que sempre leva adiante inciativas em relação ao respeito animal, que vem criando paradigmas sustentáveis e fazendo um mundo melhor e de pessoas mais conscientes, garantindo que os direitos de todos os seres vivos venham a ser respeitados. Fomentando o ciclismo, investindo na energia solar e fortalecendo suas políticas contra mudanças climáticas, que serve de exemplo para todas as nações. O mais importante é que vem fazendo tal ato, sem o sacrifício e sofrimento dos animais, ou mesmo mantê-los em canis.
 
Foto: Exploring. Tutores em Amsterdam carregando em bicicletas equipadas seus pets

Holanda novamente é notícia, porque se converteu em banir o abandono de animal. O mais importante é que vem fazendo tal ato, sem o sacrifício e sofrimento dos animais, ou mesmo mantê-los em canis.  A problemática dos animais domésticos abandonados é levado em conta pelos governos do mundo, havendo poucas exceções, como multas de até 30 mil euros, como exemplo na Espanha é praticado tal punição para quem abandona um animal. Por isso, o caso da Holanda merece não somente ser celebrado e parabenizado, como também analisado, bem como deveria ser copiado por nosso país, onde animais são covardemente tão maltratados. Seguir um bom exemplo como esse, seria de certa forma um ponto. positivo para o nosso país.
Como conseguiu ?
O plano da Holanda para que todos os cachorros tivessem um lar contou com quatro eixos:
Conscientização:
Sabemos que todas normas podem ser transgredidas, por isso as leis não servem de nada se não forem respeitadas e acompanhadas por um trabalho de conscientização. A Holanda trabalhou para que sua população entendesse os maus tratos aos animais, como um crime tão grave como o maltrato a uma pessoa. Na Holanda e na Inglaterra, os animais de companhia tem direitos equiparados aos dos seres humanos : vem sendo incluso, casos em que são considerados patrimônios.
As leis holandesas são muito duras com quem abandona um animal. As multas por abandono podem chegar a mil euros e as condenações chegam podem chegar em ate 3 anos, se causar danos ao animal. Isto garante que qualquer pessoa que pretenda abandonar ou maltratar um animal, seja de rua ou não, pense muito antes de cometer tamanha covardia com o inocente.
Campanhas de castração maciças, gratuitas e obrigatórias:
A pesar da conscientização e das multas para impedir que se seguem abandonando animais de estimação, o problema na Holanda é que suas ruas já estão povoadas de cachorros abandonados. Isso se deve a grande parte “da moda”, que levou os cidadão comprarem cachorros de raça, ao invés de adotarem. Por isso, se tornou necessário impedir que os cachorros que já viviam nas ruas, não encontrassem um lar e seguissem se reproduzindo. O governo assumiu o custo da castração e organizações de campanhas maciças para esterilizar os cachorros de rua e dos abrigos, permitindo ainda que quem tenha um animal de estimação, possa esteriliza-lo de forma gratuita. A diferença das leis mais duras de outros países, nos países baixos, e que não é obrigatório castrar todos os animais que não sejam de raça.
Imposto altos na compra de animais de raça.
Parte do problema na Holanda era que as pessoas não adotavam cachorros de rua porque não era de raça. Ao invés de adotar elas compravam. Por este motivo altos impostos foram estabelecidos para as compras, visando o desencorajamento no negócio em torno da vida dos animais e incentivando aqueles que realmente desejam ter a companhia de uma amigo de quatro patas, adotando um filhote desabrigado.
Por: Vania Ramos
Com informações La Bio guia
Fonte: http://direitosdosanimais.org/website/noticia/show.asp?pgpCode=1B7DB8CF-AA66-E15D-4D5A-EA98DC4E2436#.V4KfEda6O9w.facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*